* As informações deste banco de dados são apenas para pesquisa. Não recomendamos automedicação. Procure sempre um profissional habilitado. *


Camomila

Camomila
Nome Popular: Camomila

Outros nomes: chamomilla, camomila-comum, macela-nobre, macela, macela-dourada, macela-grega, macela-botão, macelão, marcela, camomila-de-Paris, camomila-romana, camomila-vulgar, camomila-da-alemanha; Chamomile; Camomilla comune/ Chamomile (inglês), manzanilla alemana (espanhol), camomille (francês), camomilla comune (italiano) e Echte Kamile (alemão).

Nome Científico: Matricaria chamomilla L.

Família: Asteraceae

Nomes Botânicos: Chamomilla recutita (L.) Rauschert, Chamomilla vulgaris Gray, Chrysanthemum chamomilla (L.) Bernh., Matricaria chamomilla fo. kochiana (Sch. Bip.) Fiori & Paol., Matricaria courrantiana DC., Matricaria kochiana Sch. Bip., Matricaria recutita L., Matricaria recutita var. kochiana (Sch. Bip.) Greuter.

Nome Farmacêutico: Flos Anthemis seu Matricariae.

Partes Usadas: capítulo floral.

Sabor: doce, amargo e amornante.

Constituintes Químicos: álcool sesquiterpênico, alfabisabolo, azuleno, furfurale, parafina, sesquiterpeno, tanino.

Propriedades Medicinais: estomáquico; carminativo; sedativo; digestivo; antiespasmódico; peitoral, febrífugo; antialérgico; vulnerário; antiinflamatório; espasmolítico (em muco gástrico e duodenal); imunoestimulante; bactericida (uso tópico); relaxante; diaforético; adstringente; analgésico; diurético; antiflogístico; antiálgico; emoliente; descongestionante; antiviral; laxante; expectorante; antiparasitário; anti-helmíntico; antialzhaimer; antidepressivo; antiedemico; anti-histamínico; antilactagogo; antiherpético; antioxidante; antipirético; canditicida; CNS-depressor; antiulcerativo; colagogo; inibidor da cyclooxygenase; cardiodepressor; COX-2 depressor; demulcente; desodorante; antiagregante; emético; gastroprotetor; radioprotetor; emenagogo; musculotrópico; hepatoregenerativo; serotoninérgico; tônico; miorelaxante; nervino; respirodepressor; hipotensivo; hipouremico; inibidor de lipooxygenase; hipnótico; soporífico; eupéptico; refrescante; anti-reumático.

Indicações (Uso Interno): depressor das funções musculares; dor; enxaqueca; gases; gripe; reumatismo; úlceras; problemas do úteroestresse; insônia, cefaléia; tônico amargo; síndrome do intestino irritável; gastrite; catarro; febre do feno; asma; cefaléia; mastite; dismenorréia; depressão; ansiedade; insônia; agitação; diarréia; inapetência; azia; problemas de vesícula; infecções urinárias; retenção de líquidos; vista cansada; dor de dente; doenças do útero e dos ovários; vermes intestinais; amenorréia; sensação de aborrecimento; esgotamento; tônico do sistema nervoso; sinusite; neuralgias; surdez; paralisia dos membros; retenção urinária; colites; cólica abdominal; nevralgia; tumores; náuseas; gota; ácido úrico; menopausa; TPM; alivia estresse; alivia o peito; meteorismo; nervosismo; cólicas intestinais e menstruais; calmante da pele; mal de Alzhaimer; anorexia; câncer de mama, cólon, fígado, boca, pele, estômago; cândida; cancro; resfriado; colite; convulsões; crupe; difteria; epigastrose; eritema; febre; queimação; hemorróidas; pressão alta; hiperacidez; histeria; leucorréia; lumbago; mastose; enjôo de viagem; mucosidades; náusea; neurodermatose; oligolactia; oftalmia; úlcera parapilórica; faringose; proctosis; salmonela; ciática; neurose; garganta dolorida; infecções por estafilococcus; estomatose; virose; reidratação oral; estimulante da leucocitose; para anemia; vertigem; preveni pesadelos; dores de garganta; tuberculose; icterícia; muco no estômago; estomatite; estimula e regulariza a menstruação.

Indicações (Uso Externo): lavagem vaginal; eczemas; terçol e conjuntivite; ulcerações nas pernas; queimaduras na pele; revigora cabelos claros; acne; hemorróidas; queimadura de sol; assaduras; dores musculares; ciática; contusões; dores de ouvido; eczema seborréico; micose unguenal; prurido; feridas; vulvovaginite; micoses; dermatose; oftalmia; inchaços; prurido da vulva; doenças bacterianas da pele; afecções cutâneas em geral.

Indicações Pediátricas: dores de cabeça; insônia; asma bronquial; cólica de recém nascido; em ataques temperamentais em crianças. Crianças utilizam metade da dose para adultos.

Utilizações na MTC: nome chinês: Yang Gan Jiu. Limpa vento e umidade. Corrige vazio do BP. Desarmonia entre baço e fígado; estagnação do Qi do Fígado, do Qi do Estômago e do Qi do Rim; contém a subida do Yang do Fígado; estagnação do Qi do Útero; umidade-mucosidade-calor do Pulmão; vento-calor do Pulmão; umidade-calor do Intestino Grosso e Intestino Delgado; vento-calor na pele. Faz circular o Qi dos Intestinos.

Classificação da Erva na MTC: Categoria 1 – Ervas para induzir transpiração ● Categoria 2 – Ervas para calor excessivo no corpo ● Categoria 5 – Ervas para reduzir umidade do corpo ● Categoria 20 – Ervas para uso externo.

Elemento predominante na MTC: Terra.

Atuação nos Canais: F, P, PC, VG, VC, BP e E.

Ayurveda (Ação nos doshas): reduz Pitta e Kapha e aumenta Vata (em excesso). Planta sátvica que promove o equilíbrio das emoções, especialmente recomendada aos tipos constitucionais Pitta. Atua nos tecidos (dhatus) plasmático, sanguíneo, muscular, medular e nervoso. Tem ação sobre o sistema nervoso, digestivo e respiratório. Em altas doses pode ser emético e agravar Vata. Se preparada em uma decocção com um pouco de gengibre torna o chá equilibrado e previne qualquer efeito emético da bebida. Serve como erva harmonizadora dos preparados herbáceos.

Rasa: picante e amarga.

Virya: fria.

Vipaka: picante.

Informações em outros sistemas de saúde: não há relatos nas fontes de pesquisa consultadas.

Aromaterapia: óleo essencial de nota média e intensidade média com odor doce, herbal e frutal. É extraído através de destilação a vapor das flores e é especialmente utilizado para problemas menstruais, sedativo para uso infantil e de ação antiespasmódica. É imunoestimulante e indicado para articulações inflamadas, artrites, reumatismo, abscessos, alergias, furúnculos, feridas, dermatites, psoríase, disfunções do sistema reprodutor feminino, TPM, menopausa, amenorréia, dismenorréia, enxaqueca, dor de cabeça, dor de ouvido, dor de dente e da dentição, cuidados com os cabelos, cuidados com a pele, pele inflamada, acne, picadas de insetos, insônia, irritabilidade, náusea, nevralgia, reumatismo, machucados, entorses, problemas digestivos, cólicas, colites, flatulência, congestão do fígado e de baço, anemia, astenia, acessos de raiva e estresse. Deve ser utilizado com atenção, pois pode causar dermatite em algumas pessoas. Tem boa sinergia aromática com os óleos de bergamota, esclaréia, gerânio, jasmim, lavanda, néroli e rosa.

Floral:FLORAIS DA FRANÇA - medo de perder alguém ou alguma coisa, pessoas que não pensam em si, preocupação com o bem-estar alheio, imaginando apenas infortúnios, aflição excessiva com terceiros, pensamentos negativos e recomendações exageradas, tensão emocional, ansiedade ou insônia por pensar no que poderia acontecer de ruim aos que ama. FLORAIS DE MINAS - para aquelas pessoas solidárias e altruístas, que se entregam profundamente ao serviço de ajuda a outrem, mas que, vivendo exageradamente a entrega, sofrem quando percebem que as demais pessoas não se envolvem na mesma intensidade. Elas sofrem com o egoísmo e o comodismo humano, pois gostariam que os outros tivessem a mesma atitude que ela. Na ânsia de ajudar se sobrecarregam e se cansam. São tensas e apreensivas internamente. Estas pessoas vivem o ideal de maternidade de forma a ser a mãe do mundo superprotegendo, estando sempre à disposição, mas sem querer dominar. Esta essência ajuda a pessoa a equilibrar todo o processo da doação ao mesmo tempo em que aprende a ser mais tolerante com o perfil de personalidade e as dificuldades de envolvimento altruísta dos outros. FLORAIS DA CALIFORNIA - traz alívio para quem deixa que as emoções do dia-a-dia perturbem por demais a sua alma, ajudando a estabilizar estas impressões captadas e trazendo serenidade e equilíbrio. As pessoas que necessitam desta essência costumam acumular as tensões diárias na região do estômago e em geral custam a liberar o stress quando a noite chega, por isso sofrem de insônia. FLORAIS BRASILEIROS - muito similar ao floral californiano, que reduz o nervosismo, a ansiedade, a insônia e ajuda a digerir as emoções mal resolvidas que provocam perturbações no sistema digestivo. FLORAIS DAS GERAIS – pessoas intelectualizadas que tendem a se isolar, julgam-se indiferentes, orgulho, frieza emocional, natureza silenciosa, excessiva auto-estima, julga os outros como inferiores. FLORAIS DO SUL - no nível psíquico, mantém ativo o arquétipo da mãe protetora e amorosa, para que a criança comece a sua caminhada sentindo-se segura e amparada. Quando reconectamos a certeza de que não estamos sós, vemos com clareza e com fé o caminho para o qual encarnamos. Nos adultos que na infância tiveram prejudicado este vínculo de confiança básica, a essência retece o contato com a mãe interna positiva. Restaura a confiança no feminino, através da receptividade e tranqüilidade, trazendo ao plexo cardíaco a sensação de segurança e abundância de amor materno. FLORAIS DE MINAS – pessoas maternais e nutritivas que se esgotam na ânsia de servir. É um anti-histamínico floral.

Homeopatia: é indicada nas perturbações decorrentes do aparecimento e da mudança dos dentes nas crianças, tais como: agitação, perda do apetite, insônia, enfraquecimento, choro noturno, diarréia e convulsões. CEFALÉIA – com dor intolerável – 3 glóbulos de Chamomilla C5 de hora em hora. DIARRÉIA INFANTIL – 10 gotas de Chamomilla D3 de oito em oito horas. DISMENORRÉIA – 10 gotas de Chamomilla D3 antes das refeições. DOR DE DENTE – dor intolerável – 3 glóbulos de Chamomilla C5 de hora em hora. DORES EM GERAL - 3 glóbulos de Chamomilla C5 de hora em hora. DORSALGIA – com dor intolerável - 3 glóbulos de Chamomilla C5 de hora em hora. GASTRITE – em casos gerais – Chamomilla C5. GASTROENTERITE DO LACTENTE - Chamomilla C5. NEVRALGIA INTERCOSTAL – com dor intolerável – 3 glóbulos de Chamomilla C5 de hora em hora. SALPINGITE - com dor intolerável – 3 glóbulos de Chamomilla C5 de hora em hora. TERROR NOTURNO – 10 gotas de Chamomilla D3 antes da última refeição do dia.

Contra-indicações: pode causar náuseas e dermatite de contato em pessoas sensíveis; em doses elevadas é tóxica; não usar na gravidez e lactação; evitar em úlcera duodenal e gástrica; no refluxo esofágico, colite ulcerosa; colite espasmódica, diverticulite e diverticulose. Doses excessivas podem causar efeito inverso causando agitação. Evitar uso em pessoas que estão se submetendo a quimio e radioterapia ou que apresentem Doença de Crohn ou Mal de Parkinson. Não deve ser utilizada junto com as refeições.

Interações medicamentosas: por conta da presença de cumarinas na composição pode interferir em terapia de anticoagulantes. A erva não deve ser utilizada por quem estiver fazendo uso de warfarina e ciclosporina em quantidades elevadas por que estas tem um índice terapêutico estreito. A camomila também inibiu a CYP-450 isoenzima IA2, mas a importância desta inibição é questionável, pois nenhuma interação foi causada entre o sedativo e as propriedades antiespasmódicas da planta foi relatada.

Uso Veterinário: utilizada na veterinária por suas propriedades sedativas e ansiolíticas. Deve ser usada como vapor ou por via oral ajudando na introdução a novos ambientes ou novos donos aliviam possível estresse.

Cultivo:

Planeta regente: em questões de saúde relacionadas à Vênus em Câncer, Urano em Câncer e Urano em Escorpião. Regente: Sol. Segundo Paracelso é planta associada ao signo de Libra.

Indicações energéticas ou mágicas: Elemento – água. Planta sagrada ao deus Woden. Erva utilizada em banhos para harmonização com elemento água, amor, abertura psíquica, amizades e cura. Receita de banho utilizando ervas ou óleos essenciais: 2 partes de Camomila, uma parte de Ylang-ylang, 2 partes de Aquiléia e uma parte de Palmarosa.

Habitat: erva que cresce espontaneamente na Europa e em algumas regiões da Ásia. Difundida em todo o mundo.

Informações clínicas e/ou científicas: em um estudo clínico 10 de 12 pacientes submetidos a uma dolorosa cateterização cardíaca caíram em sono profundo após ingerir uma infusão de camomila.

Descrição botânica: planta com haste ereta, ramificada. Folhas irregulares. Flores miúdas nas extremidades dos ramos.

Toxicidade: planta atóxica nas doses recomendadas. Casos de reatividade cruzada entre pessoas alérgicas a carpineira, ao gênero áster, aos crisântemos e aos outros membros da família Asteraceae.

Colaboradores: RODRIGO SILVEIRA - consultora em fitoterapia, professor e criador do ERVANARIUM • http://www.ervanarium.com.br/profissional/8/rodrigo-silveira

Observações: deve ser ingerida entre as refeições. Pode devolver audição (em alguns casos) fritando um bulbo de Esquila (Urginea maritima) em óleo de camomila e a seguir colocar algumas gotas no ouvido afetado. Componente principal do spray de travesseiro Deep Sleep que, segundo as indicações, promove sono tranqüilo e repousante e conforta a alma. Compõe ainda o Blue Oil Balancing Concentrate que é indicado para dissolver tensões e elevar os níveis de energia.

Fontes de pesquisa: http://www.plantamed.com.br/ • http://viabotanica.com.br/produtos/detalhes/medicamentos/homeopaticos/matricaria_chamomilla_-_24_papeis.html • http://vidanatural.fortunecity.com/minas2.html#MADRESSILVA • http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/camomila/camomila.php • http://www.terapiafloral.net/2008/10/inspirada-pelos-dois-ltimos-produtos.html • http://www.floraisdosul.com.br/site/essencias_ver.php?cod_essencia=6 • Pharmacodynamic basis of herbal medicine- Manuchair Ebadi -Taylor and Francis • Chinese and related North American Herbs - phytopharmacology and therapeutics values - Thomas S. C. Li - CRC Press • As plantas e os planetas - Ana Bandeira de Carvalho - Ed. Nova Era • Dandelion Medicine - Brigitte Mars - Storey Books • Vademecum de Fitoterapia - Pedro del Rio Pérez • Enciclopedia de plantas medicinales • Apostila de Fitoterapia Chinesa - Prof. Antonio de Bortolli - Delta Educação • Handbook of Medicinal Herbs - James A. Duke with Mary Jo Bogenschutz-Godwin, Judi duCellier, Peggy-Ann K. Duke - CRC Press • Herbal Tonic Therapies Daniel B. Mowrey Ph.D -NTC Contemporary • Herbal Magick - a witchs guide to herbal folklore anda enchantments - Gerina Dunwick - New Page Books • Herbs for Chronic Fadigue - Kathi Keville - NTC Contemporary • ITF - Índice Terapêutico Fitoterápico - EPUB • Herbs for Healthy Skin, Hair and Nails - Brigitte Mars - Keats Publishing Inc • Aromacologia - uma ciência de muitos cheiros - Sonia Corazza - Senac Editora • Aromaterapia - a cura pelos óleos essenciais - Marcel Lavabre - Ed. Nova Era • Guia completo de Aromaterapia - Joanna Hoare - Pensamento • Florais da Gerais - Catalogo • Florais de Minas - Catálogo • Yoga of Herbs - Dr. David Frawlwy and Dr. Vasant Lad - Lótus Press • Tratado de Medicina Floral - Maria Cristina Nogueira Godinho dos Santos - Madras • Florais do Mundo - Nei Naiff - Nova Era • Herbs for the Heart - C.J Puotinen - NTC Comtemporary • Indian Medicinal Plants - C.P Khare - Springer • Medicinal Plants in Folk Tradition - an ethobothany of Britain and Ireland- David E. Allen & Gabrielle Hatfield - Timber Press • As plantas mágicas - Botânica oculta - Paracelso • Psycoactive Herbs in Veterinary Behavior Medicine - Stefanie Schwartz - Blackwell Publishing • Segredos e virtudes das plantas medicinais - Seleções do Readers Digest • The Complete Book of Incenses, Oils and Brews - Scott Cunningham - Llewellyn Publications • The Psycopharmacology of Herbal Medicine - plants, drugs that alter mind, brain and behavior - Marcello Spinella - MIT Press • Tylers Herbs of Choice - the terapheutic use of phytomedicinals - Dennis V. C. Awang - CRC Press • The Way of Herbs - Michael Tierra C.A, N.D - Pocket Books • Enciclopédia de Medicina Natural - Marcílio Franco da Costa Pereira - Madras • A vida cura a vida - Pe. Paulo Wendling - Paulinas • 100 Plantas para viver até os 100 anos - Anônimo - PDF •



REDES SOCIAIS

ERVANARIUM
contato@ervanarium.com.br




© Copyright 2013 - Todos os direitos reservados à Ervanarium